Portal NOticias de Uruçui

Anuncie sup 970x90
Vereadora abriu a boca

ADRIANA pede respeito e desabafa: 'falta remédio para hipertenso, diabético'

Publicada em 13 de Novembro de 2017 às 13h56


A vereadora Adriana Cavalcante (PMDB) de Uruçuí fez um desabafo na sessão plenária da última segunda-feira (06/11) sobre a situação da saúde do município de Uruçuí. Em suas palavras a parlamentar se direcionou à secretária municipal de saúde, Rita Melo.

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

Segundo Adriana, as coisas não andam bem nessa pasta ocupada por Rita.  "Lhe admiro como professora, lhe admiro como política, acredito na sua vida política e da sua família. Disse ontem; "credito mais na sua família de que na de pessoas que vem para cá e que não conhece Uruçuí e quer ser candidato em Uruçuí". Mas vamos respeitar quem tá na luta. Vamos dizer que Uruçuí teve sangue, suor e lagrima de muita gente... não foi só o seu, e não será só o seu. Que nós tenhamos respeito ao trabalho de quem passou", disparou a vereadora.

Ela ainda continuou suas críticas; denunciou a falta de remédios nos postos de saúde e no CAPS:  "Vai aqui fica meu repudio: repudio ao CAPS, sem remédio! Repudio a hiperdia, diabético e hipertenso sem remédio! O meu repudio à Casa da mulher que tá fechada! Não vamos dizer que nunca foi recebido um resultado aqui de uma lamina de Papanicolau?!", disparou.

Ela continuou dizendo que a atual gestão sempre mostra fotos de situações ruins deixadas pela administração passada e não mostra as coisas boas deixadas por ela (se referindo ao governo Renata), como se só tivesse coisas ruins. ?"Quem não sabe como a gestão Renata recebeu o hospital Getúlio Leitão?! Lá estava acabado e nem por isso a gestão passada veio aqui difamar! Foi deixado muita coisa boa por ela, carros e motos que estão hoje servindo a saúde atual e etc", relatou.

"Que Uruçuí hoje tem CAPS? Tem, mas não tem remédio! Tem UBS pintada, com ar-condicionado, com televisão, mas falta o básico! Falta desde o anestésico odontológico até o remédio do hipertenso e diabético", desabafou.

A vereadora disse ainda que não aceita ter fechado a Casa da Mulher e falou que pegaram todos os moveis da Casa da Mulher e distribuíram nos escritórios só para dizer que não existia a Casa da Mulher, denunciou. "O que a gente não aceita é dizer que não existiu nada, o que a gente aceita é dizer que melhorou e que vai melhorar. Prédio pintado de bonito não enche barriga de ninguém", relatou.

Para finalizar a vereadora disse que as pesquisas dizem que a atenção básica precisa melhorar, finalizou.

Caso queira se manifestar, fica aberto o espaço para a secretária municipal de saúde manifestar sua posição sobre a referida matéria.
Tags: falta remédio - hipertenso - Rita Melo - Adriana Cavalcante

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante