Portal NOticias de Uruçui

Hibisco
Investigação de balancetes

Câmara de Manoel Emídio cassa o prefeito da cidade

Publicada em 22 de Fevereiro de 2018 às 00h24


Em uma longa sessão especial de julgamento de uma denúncia contra o prefeito José Medeiros, da cidade de Manoel Emídio, há cerca de 450km de Teresina, os vereadores causaram por 6 votos a 3 o mandato do atual prefeito, do PP.

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

O julgamento partiu depois de uma denúncia feita por Cícero Neto, cidadão do município e ex-candidato a prefeito de Manoel Emídio, que apos investigar os balancetes da atual gestão referente ao ano 2017 entregou aos vereadores da cidade denuncia denúncia de possíveis irregularidades no tocante à reformas em prédios públicos, compra de combustível e aluguel de veículos.

"Foi um golpe"
Segundo os vereadores da base governista o processo é de cunho político e perseguição ao atual prefeito e a Comissão que analisou a denúncia não conseguiu encontrar provas para  condenar-lo: "isso foi um golpe contra o povo de Manoel Emídio", disse o vereador Roberto Borges.

Voto nulo
Ainda segundo os três vereadores que votaram contra a cassação, o presidente da Câmara não poderia ter aceito a vereadora Josélia Costa, também do PP, ter votado, pois a mesma é esposa do atual vice-prefeito e os artigos 241 e 242 do Regimento interno da Câmara diz que o vereador deve se abster de votar em matéria de interesse particular seu ou de seu cônjuge, ou de pessoa de que seja parente consanguineo ou afim até o terceiro grau. Essa argumentação tem pode motivo que a referida vereadora daria o voto decisivo para a cassação de José Medeiros, que tem como vice o seu esposo, principal beneficiado com a cassação, já que seu esposo, José Sobrinho é que vai assumir a prefeitura.

Prefeito vai recorrer
A assessoria do prefeito José Medeiros disse que o mesmo vai recorrer à justiça devido a Câmara ter descumprido o Regimento interno da Câmara, bem como ter julgado um processo sem provas e de interesse político de um grupo que perdeu a última eleição e não ter se conformado.

A posse de Sobrinho foi anunciada para a próxima sexta-feira dia 23 de fevereiro no plenário da Câmara.


Por Jackson Coelho 
Tags: Câmara - cassa - prefeito - Manoel Emídio

Fonte: Redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante