Portal NOticias de Uruçui

Faça seu banner com a gente
É delegado aposentado da PF

Ex-secretário de segurança é acusado de mandar matar Décio Sá

Publicada em 21 de Junho de 2012 às 15h37


DEU NO GP1.COM.BR - Escrito por Feitosa Costa em 21/06/2012 às 13h27

» Siga-nos no Twitter
O ex-secretário de segurança pública do Estado do Maranhão, deputado estadual
Raimundo Cutrim (PSD), também delegado aposentado da Polícia Federal, está sendo acusado de ser um dos mandantes do assassinato do jornalista Décio Sá, dia 23 de abril deste ano, na avenida litorânea, em São Luis.

A suspeita existe em função do depoimento do pistoleiro Jhonatan de Sousa Silva, de 24 anos, preso pelas mortes de Décio Sá e também de Fábio Brasil, em Teresina, no último dia 31 de março. O pistoleiro, perante seis delegados de Polícia, citou o nome do deputado e ex-secretário.

Raimundo Cutrim foi aguardado esta manhã no plenário da Assembléia do Estado do Maranhão e negou categoricamente que tenha mandado executar o jornalista. Ele admitiu, porém, conhecer o empresário Junior Bolinha, que está preso como mandante. Cutrim revelou que alugou uma máquina junto a Bolinha para fazer terraplanagem num sitio de sua propriedade.

O deputado foi secretário de Roseana Sarney nos seus primeiros governos e consta que existe uma desavença profissional entre ele e o atual secretário de Segurança do Maranhão, Aluisio Mendes.

VEJA O PRINT DA NOTICIA:




NESTA MATÉRIA SÓ SERÁ ACEITO COMENTÁRIOS VIA FACEBOOK.
Tags: Ex-secretário - acusado - Décio Sá

Fonte: Com informações do GP1  |  Publicado por: Redação Uruçui
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade