Portal NOticias de Uruçui

Jardins de Manuella
Mobilidade urbana para todos

Governo retoma obras de asfalto na capital e em várias cidades do interior

Publicada em 22 de Julho de 2015 às 08h28


O Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER) finalizou o primeiro semestre de 2015, não apenas retomando e inaugurando obras, mas também fazendo operação de conservação e manutenção em vários trechos de rodovias pavimentadas da malha rodoviária do Piauí.

» Siga-nos no Twitter
Dentre as obras retomadas neste primeiro semestre estão a do elevado da avenida Miguel Rosa e do prolongamento da avenida Barão de Castelo Branco, ambas localizadas em Teresina. Foram reiniciadas também as obras de pavimentação da rodovia Barras/Boa Hora; Anel Viário de Barras; Anel Viário de Esperantina; restauração da pavimentação asfáltica da rodovia que liga os municípios de São Lourenço do Piauí e Dirceu Arcoverde; a mobilidade urbana na cidade de São João do Piauí, bem como a restauração da pavimentação asfáltica do trecho entre a BR 020 para a cidade de Santo Antônio de Lisboa.

Muitas ações estão sendo realizadas para melhorar as condições de trafegabilidade no interior do Piauí, a exemplo das operações de conservação e manutenção: tapa-buracos, serviços de roço nas faixas de domínio das rodovias, serviços de correção de meio-fio e sarjetas para facilitar a drenagem superficial. Vale ressaltar que em maio deste ano foi inaugurado o Anel Viário da cidade de José de Freitas e que a conclusão da obra dos anéis viários de Barras e Esperantina está prevista para acontecer ainda em julho.

De acordo com o diretor-geral do DER, engenheiro José Dias, existem muitas obras que ainda deverão ser reiniciadas, mas relata que todas que já foram finalizadas trarão resultados positivos no que diz respeito ao melhoramento do tráfego de veículos em diversas regiões do Estado. ?O projeto das maiores obras, como restauração, reconstrução e duplicações de pontes necessitam de projetos executivos bem mais elaborados e que enquanto esses projetos não forem finalizados, a ideia é trabalhar para melhorar as rodovias piauienses que precisam ser revitalizadas?, destaca.

Segundo o diretor de Conservação e Manutenção do DER, Nerinilzo Lima, os serviços solicitados até o momento, de Norte a Sul do Piauí, estão sendo realizados conforme os cronogramas estabelecidos em contratos entre o DER e as empresas contratadas, responsáveis pela execução dos serviços. É importante frisar que todas as intervenções relacionadas à conservação/manutenção das rodovias estaduais são de responsabilidade da Diretoria de Unidade de Conservação e Manutenção (DUCM) do DER.

?São muitos os trechos em que já conseguimos concluir de janeiro até o último mês de junho. Claro que determinadas partes dessas estradas que já foram recuperadas precisam de um novo reparo, mas estamos tentando atender todas as demandas e, principalmente, aquelas mais urgentes?, afirma o diretor do DUCM.

Nerinilzo Lima disse que os trechos de rodovias estaduais pavimentadas que estão em obras de conservação/manutenção estão: o trecho Campo Maior a Castelo do Piauí; José de Freitas a Lagoa Alegre; Caraúbas a Caxingó; Jaicós a Massapê; Jaicós a Padre Marcos; Picos a Itainópolis; Santo Inácio do Piauí a Floresta do Piauí; Campinas do Piauí a Simplício Mendes; entre BR 343/Boqueirão do Piauí a Boa Hora e entre BR 230/São Francisco do Piauí a São José do Peixe.

Quanto aos trechos das rodovias que contam apenas com os serviços de tapa-buracos, correção de erosões e roço manual concluídos podemos destacar: Parnaíba/Ilha Grande do Piauí/Pedra do Sal; Luis Correia/ entre BR 402 (Povoado Camurupim); Povoado Camurupim/Barra Grande/Cajueiro da Praia; entre BR 343/Bom Princípio do Piauí; entre BR 343/Cocal/Divisa PI-CE; Teresina/José de Freitas/Cabeceiras; Barras/Batalha; Batalha/Esperantina; Esperantina/Luzilândia; entre PI 214/Joca Marques/Madeiro; Pedro II / Milton Brandão; Lagoa de São Francisco/entre BR 404 (Pedro II); Teresina/União; União / Lagoa Alegre; entre PI 221(Estaca Zero)/Pau D`Arco do Piauí; Regeneração/Tanque do Piauí/entre BR 230(Oeiras); Elesbão Veloso/Francinópolis/Várzea Grande/Tanque do Piauí; Valença/Lagoa do Sítio; Valença/Pimenteiras; entre BR 316/São Miguel da Baixa Grande/São Félix do Piauí/Santa Cruz Milagres.

Os serviços de conservação/manutenção (tapa-buracos) em execução atingem, atualmente, 403 km, somando um total de R$ 8 milhões 880 mil. Quanto aos serviços tapa-buracos, já concluídos até dia 30 de junho e que atingiram 799 km, foram destinados cerca de R$ 2 milhões e 275 mil. Sobre os serviços a serem licitados como os de terraplanagem, revestimentos primários em vários municípios dentre outros serviços que serão realizados por meio de Ordem de Serviços poderão atingir um montante de aproximadamente R$ 5 milhões e 194 mil.




Tags: asfalto - Mobilidade

Fonte: Com informações do Governo do Estado  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante