Portal NOticias de Uruçui

Hibisco
Pesquisa Nacional por Amostra

IBGE diz que Piauí é estado com menor crescimento da população em 6 anos

Publicada em 26 de Maio de 2019 às 08h15





O Piauí é o estado brasileiro que apresentou menor crescimento populacional entre os anos de 2012 e 2018. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), analisando os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) divulgados esta semana.

A pesquisa é sobre os novos indicadores demográficos do país, quanto ao crescimento da população, sexo, cor ou raça e faixa etária.

No crescimento geral da população, o Piauí cresceu apenas 1,6%, já que a estimativa de população em 2012 foi de 3,213 milhões de habitantes e seis anos depois, em 2018, foi de 3,264 milhões de pessoas.

Os dados mostram que os estados vizinhos como o Maranhão e o Ceará apresentaram crescimento populacional maior, respectivamente de 3,5% e 3,9%. A unidade da federação que apresentou o maior crescimento foi Roraima, com 20,3%, seguido do Amapá, com 13,9%.

Cor ou raça

A população piauiense é representada 80% por pretos ou pardos, enquanto a população branca representa 19,8%. Quando analisado apenas em relação a população preta há somente 9,1%.

O Estado do país com o maior percentual de pretos e pardos é o Amapá, com 81,3%, enquanto Santa Catarina é o que apresenta o menor percentual, 19,5%, sendo que apenas 3% são pretos. Por sua vez, os Estados com os maiores percentuais de pretos na população são a Bahia, com 22,9%, e o Rio de Janeiro, com 13,4%.

Os únicos estados onde a população de cor/raça branca supera a preta e parda somadas são: São Paulo (59,1%), Paraná (65,5%), Santa Catarina (79,9%) e Rio Grande do Sul (78,6%).

Sexo e idade

O número de mulheres piauienses é maior que o de homens são 51% contra 49%. Somente em Tocantins e Roraima acontece o inverso, sendo que no estado nortista o percentual é de 50,6% homens e 49,4% de mulheres.

No Piauí, a população infantil ainda é maior que a idosa. Crianças de 0 a 13 anos representam 20,7% da população enquanto idosos com 65 anos ou mais somam 10,6%.

Apenas dois estado possuem população de 65 anos ou mais de idade com bastante proximidade à população de 0 a 13 anos de idade, que são o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. A região norte do Brasil é a que apresentou a maior disparidade entre faixas etárias, denotando uma população mais jovem.


Com informações de Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com



» Siga-nos no Twitter
Tags: IBGE - crescimento

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade