Portal NOticias de Uruçui

Clinica ISO topo
Por abuso do poder econômico

Juiz da 20ª Zona Eleitoral de São João do Piauí cassa o mandato do prefeito Gil Carlos

Publicada em 13 de Dezembro de 2017 às 13h33


O Juiz Eleitoral de São João do Piauí, Mauricio Queiroz Machado, da 20ª Zona Eleitoral, cassou o mandato do prefeito reeleito do município, Gil Carlos Modesto Alves (PT). Em 2016, Gil Carlos disputou as eleições contra o candidato do PROS, Alexandre Mendonça.

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

No entanto, a coligação ?O Poder é do Povo? de Alexandre Mendonça entrou com duas ações contra o prefeito reeleito: uma AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) e uma AIME (Ação de Impugnação de Mandato Eletivo), em que acusavam o candidato vitorioso de abuso do poder econômico e pediam a cassação do prefeito.

O PORTAL MANDACARU veiculou com, exclusividade, o conteúdo dos autos do processo, no momento em que estavam sendo protocolados no cartório eleitoral, ainda em 2016.

O portal teve informações de que os representantes da Coligação ?PRA SÃO JOÃO SEGUIR EM FRENTE - PT / PMDB / PDT / PR / PMB / PTC / PV / PRP / SD? teriam atuado no sentido da extinção do processo, ao ?defenderem? a petição inicial inepta. Os representantes, no entanto, não obtiveram êxito.

O Ministério Público havia emitido um parecer favorável à cassação do mandato do prefeito Gil Carlos. O parecer, por sua vez, foi recebido pelo Juiz Eleitoral Mauricio Queiroz Machado, que julgou procedente e cassou o prefeito reeleito Gil Carlos e o seu vice Dante Quintans, na manhã de hoje, 13.

Da decisão do juiz da 20ª Zona Eleitoral que cassou o prefeito e o vice-prefeito cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI).

O Juiz Mauricio Queiroz Machado é o primeiro juiz eleitoral a cassar um prefeito eleito e reeleito, em São João do Piauí. Em 2012, o Ministério Público também deu parecer favorável pela cassação de Gil Carlos Modesto Alves (PT), mas o Juiz Eleitoral, à época, Edvaldo de Sousa Rebouças, rejeitou o parecer e julgou pela improcedência da denúncia.


Com informações do portalmandacaru.com.br
Tags: São João do Piauí - cassa o mandato

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade
Publicidade
Publicidade