Portal NOticias de Uruçui

Clinica ISO topo
Crime foi em fevereiro de 2016

Justiça condena a 16 anos de prisão ex-soldado da PM em Teresina

Publicada em 16 de Fevereiro de 2018 às 11h41


Igor Gabriel de Oliveira Araújo, ex-soldado da Polícia Militar, de 24 anos, foi condenado a cumprir pena de 16 anos e 15 dias em regime fechado na Penitenciária Irmão Guido. No dia 20 de fevereiro de 2016, Igor Gabriel assassinou Alan Lopes Rodrigues, de 26 anos, filho de um oficial de Justiça do Tribunal de Justiça do Piauí , com um tiro no pescoço em um posto de conveniências na Avenida João XXIII.

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

O conselho de sentença, composto por sete pessoas, decidiu que Igor Gabriel é culpado pelo assassinado. O Julgamento, que se iniciou às 08:00h desta quinta-feira (15/02), terminou cerca de 12 horas depois com o resultado da sentença do réu.

Segundo a substituta da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Juíza Maria Zilnar Coutinho, o caso de Igor responder também a um processo de contrabando, receptação e formação de quadrilha não influenciou no julgamento.

?Pesou a motivação fútil do delito e a utilização de recurso que tornou impossível a defesa da vítima, que foi abatida cruelmente com um tiro no pescoço. Isso foi o que pesou para a condenação em 16 anos e 15 dias do acusado Igor Oliveira?, explica o promotor da 1ª Vara Criminal, Régis Marinho.

Marcos Antônio Ramos, ex-advogado do réu, conta que a defesa repeita a decisão dada para Igor, mas que vai avaliar ainda a sentença e a prova dos autos.


Com informações do PortalAZ
Tags: ex-soldado - condena

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante