Portal NOticias de Uruçui

Hibisco
Morreu de câncer no pâncreas

MORRE em São Paulo o "rei da soja", maior produtor mundial do grão

Publicada em 16 de Junho de 2015 às 14h47


Empresário Olacyr de Moraes (Foto: Reprodução/Fac) Empresário Olacyr de Moraes (Foto: Reprodução/Fac) O empresário comanda empresas no Piauí, Bahia e muitas outras. Olacyr de Moraes morreu aos 84 anos na madrugada desta terça-feira (16) em São Paulo. Segundo o site do empresário, ele lutava contra um câncer de pâncreas descoberto no início de 2014.

» Siga-nos no Twitter
Ele ficou conhecido como 'O Rei da Soja' após se tornou o maior produtor mundial do grão no mundo. "Durante sua carreira chegou a ter mais de 40 empresas nos setores de construção civil, agrícola e exploração de minérios", diz o site do empresário. Atualmente, ele era dono de importantes jazidas de minérios raros na Bahia, Piauí e São Paulo.

"Olacyr de Moraes foi um dos maiores empreendedores do Brasil, desbravador e visionário, apostou no potencial agrícola do centro-oeste brasileiro investindo na pesquisa e produção de grãos e algodão em uma época em que poucos acreditavam que o solo dessa região fosse receptivo a essas culturas", diz o site.

Olacyr Francisco de Moraes nasceu em Itápolis, no interior de São Paulo, em 1º de abril de 1931, mas aos 8 anos veio morar na capital paulista. Ele era filho de um pequeno empresário que atuava no transporte de cargas. Aos 19 anos, junto com o pai e o irmão, ele começou a carreira de empresário investindo em caminhões. Em pouco tempo, além de transportar pedras para Prefeitura, ele passou a prestar serviços para a administração municipal atuando na pavimentação das ruas.

Em 1957, ele criou com o irmão a empresa Construção e Transportes Constran Ltda, que atuou na área de engenharia pesada. O sucesso da empresa permitiu ao empresário diversificar seus investimentos: setor bancário, criação e a engorda de gado e, finalmente, no cultivo da soja.

Olacyr passou a diversificar os negócios, investiu em cana-de-açúcar, ferrovias e hidrelétricas. Criou também o banco Itamarati e a empreiteira Constran.

Quando estava no auge, ainda nos anos 90, entrou na lista dos 200 homens mais ricos do planeta da revista Forbes, com um patrimônio estimado em US$ 1,2 bilhão.

O motorista do empresário é suspeito de ter matado o ex-senador boliviano Andress Guzman em abril de 2014, em São Paulo. À polícia, o suspeito disse que o ex-senador boliviano tinha negócios com Olacyr e que Guzman teria aproveitado a doença do empresário para extorquir dinheiro dele. Na época, Olacyr não comentou o ocorrido.

Luta contra o câncer

Aos 82 anos de idade, Olacyr descobriu que estava com câncer no pâncreas. O tumor foi retirado e o empresário chegou a fazer radioterapia e quimioterapia. A doença, no entanto, não foi totalmente curada.

Com o tempo, Olacyr não conseguia tomar muitas medicações, já que tinha diabetes, infecções e sagramentos intestinais. Tais doenças também atrapalhavam o tratamento contra o câncer e o estado nutricional. Nos últmos meses, o empresário passou a postar várias frases sobre a sua luta contra o câncer.

O velório foi na manhã desta terça-feira no Hospital Albert Einstein, e o corpo de Olacyr de Moraes será cremado à tarde no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.



Com informações do G1

Tags: rei da soja - maior produtor

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade
Publicidade