Portal NOticias de Uruçui

Ajudou o Corinthians

Neymar brilha, Santos vence Vasco na volta de Ganso

Publicada em 07 de Novembro de 2011 às 07h56


Neymar brilhou na partida Neymar brilhou na partida Neymar deu dribles desconcertantes, bagunçou a marcação, foi o principal articulador de jogadas, balançou as redes e ainda deu uma assistência. Foi desta forma que, na tarde deste domingo, o Santos venceu o Vasco por 2 a 0 na Vila Belmiro e ajudou o Corinthians na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. O principal jogador do time paulista foi essencial, em partida que marcou a volta de outro craque aos gramados: Paulo Henrique Ganso.

Com o resultado, o Santos chega a 48 pontos, na nona colocação. O time deixa o Vasco, que na rodada passada perdeu a liderança ao empatar com o São Paulo, estacionado nos 58 pontos. Se tivesse ao menos pontuado, o time retomaria a primeira colocação, já que o Corinthians perdeu por 2 a 1 para o América-MG fora de casa e também se manteve com 58 pontos. O time paulista leva vantagem nos critérios de desempate.

O Vasco sucumbiu ao talento de Neymar, que liderou o Santos em campo e ainda fez o primeiro gol do jogo. A partida marcou a volta de Paulo Henrique Ganso, que ficou dois meses longe dos gramados por lesão na coxa esquerda. O técnico Muricy Ramalho também voltou a ficar no banco de reservas após três rodadas afastado com uma hérnia de disco.

A partida teve uma polêmica: quando o Santos vencia por 1 a 0, Diego Souza recebeu cruzamento na área, subiu mais que Danilo e, de cabeça, estufou as redes. A arbitragem anulou o gol vascaíno acusando falta de ataque do camisa 10 carioca. Os jogadores reclamaram muito após a marcação e também na volta do intervalo.

Na próxima rodada, o Santos vai a Fortaleza enfrentar o Ceará no Estádio Presidente Vargas. A partida está marcada para domingo, às 17h (de Brasília), pela 34ª rodada. No mesmo dia, mas às 19h, o Vasco pega o Botafogo em clássico importante para definir a briga pelas primeiras colocações. A partida, com mando cruzmaltino, será disputada no Engenhão, no Rio de Janeiro.

O jogo

Um pouco de sorte e a eficiência de Neymar foram responsáveis por colocar o Santos na frente na Vila Belmiro. Logo aos 3min, o principal atacante santista foi atropelado por Dedé. Cobrou a falta e contou com um desvio leve de Renato Silva, suficiente para tirar a bola do alcance de Fernando Prass e estufar as redes. Além disso, Neymar foi o mais acionado em campo.

O Vasco sofreu principalmente com os passes errados, que acabavam com contra-ataques e boas investidas. Os erros deixavam os homens de frente, como Eder Luis e Elton, irritados. A irritação foi grande também aos 23min, quando Diego Souza recebeu cruzamento, subiu mais alto que Danilo e cabeceou para empatar o jogo. O árbitro anulou o gol acusando falta de ataque do vascaíno, que teria se escorado no rival para concluir.

O primeiro tempo teve poucas chances de gol. O torcedor do Santos só se preocupou de novo quando Bruno Rodrigo se machucou depois de dividida pelo alto com Elton. O jogador cortou o supercílio e ficou reclamando de cotovelada. Pouco antes do intervalo, o goleiro Rafael sentiu lesão na virilha e o reserva Aranha chegou a ir para o aquecimento, mas não precisou entrar em campo. O segundo gol do anfitrião quase saiu após tabela de Neymar com Paulo Henrique Ganso - Fernando Prass defendeu a finalização.

O segundo tempo quase começou da mesma forma como o primeiro: com gol de Neymar. O jogador recebeu lançamento livre, correu o campo de ataque, invadiu a área e enganou Fernando Prass com um chute no vazio. Driblou o goleiro para dentro e tocou de lado para Borges, que bateu desequilibrado. Nilton, quase em cima da linha, conseguiu rebater e evitar mais um tento.

Neymar voltou a se apresentar como principal armador da equipe em duas oportunidades. Aos 14min, puxou a marcação na lateral esquerda e virou o lance na direita, onde Danilo apareceu batendo cruzado, com força. Fernando Prass fez boa defesa. Cinco minutos depois, Neymar passou por Renato Silva com belo drible pela direita da área e tocou para trás, onde Ganso estava livre para finalizar rente ao travessão, com muito perigo.

Com a partida cada vez mais difícil, o técnico interino do Vasco, Cristovão Borges, tirou os dois atacantes, Elton e Eder Luiz, para colocar Leandro e Bernardo. O time quase empatou em cobrança de falta de Juninho, que mandou a bola próxima do ângulo esquerdo de Rafael, e ainda ficou sem Bernardo em campo durante longo tempo, já que ele rasgou a camiseta em disputa de bola. O Vasco não tinha outro modelo, e um esparadrapo teve de ser improvisado para cobrir o buraco.

Aos 28min, Neymar criou outra boa oportunidade em contra-ataque: carregou a bola até a intermediária e tocou de lado, na direita, quando a marcação abriu espaço para Borges. O atacante bateu com força, acertando o ângulo direito para chegar a 23 gols, na artilharia isolada do Brasileiro. O tento deu tranqüilidade ao Santos, que apenas administrou o resultado.

O Vasco também acalmou o ritmo e ainda teve uma alívio quando, já nos acréscimos, o sistema de som da Vila Belmiro anunciou o segundo gol do América-MG sobre o Corinthians. Com a derrota por 2 a 1 dos corintianos, o time permaneceria empatado com o Vasco, com 58 pontos, mas levando vantagem nos critérios de desempate. A situação ainda é favorável para que o Vasco consiga buscar o título brasileiro.

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

Tags: brilha - vence Vasco - Ganso

Fonte: Terra  |  Publicado por: Redação Uruçui
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante