Portal NOticias de Uruçui

Jardins de Manuella
Considera protestos normais

Para Fred, faltou jogo coletivo ao Brasil na Copa e até Pelé seria vaiado

Publicada em 12 de Julho de 2014 às 21h04


Depois de marcar apenas um gol em seis partidas na Copa do Mundo, o atacante Fred ficou no banco de reservas na derrota para a Holanda por 3 a 0, neste sábado, em Brasília. O centroavante, que deixou o campo vaiado na goleada sofrida diante da Alemanha, na terça, afirmou que os protestos da torcida foram normais.

» Siga-nos no Twitter
- Eu saí do jogo no Mineirão e estava 5 a 0 para a Alemanha. Se o Pelé saísse ali, levaria vaia. Faz parte do futebol. Quem estava no Mineirão não estava acreditando, assim como a gente em campo. Estava todo mundo triste, chateado, e todo mundo desabafa mesmo. Faz parte. A nossa torcida me vaiou e gritou "olé" para a Alemanha - afirmou Fred.

Na opinião do camisa 9, a seleção brasileira teve dois jogadores de destaque na Copa do Mundo: Neymar e Luiz Gustavo. E as duas derrotas aconteceram porque os outros não conseguiram ter atuações em um bom nível.

- Eu prefiro enxergar que o nosso futebol coletivo não funcionou. Tivemos momentos em que o Luiz Gustavo estava muito bem, o Neymar estava muito bem, e cinco ou seis não estavam tão bem, para fazer o time evoluir. O time não vai evoluir só com dois ou três bem. Acho que esse foi o problema nosso. Nós não conseguimos evoluir junto com o pessoal que estava bem.

Fred ainda afirmou que suas atuações não se explicam apenas por falta de criatividade no meio de campo da Seleção. O centroavante disse que assume sua parcela de responsabilidade pela derrota contra a Alemanha e que todos os jogadores devem fazer o mesmo.

- Não adianta eu me defender e falar isso. Quem entende de futebol e está acompanhando sabe o que nosso coletivo não funcionou, como funcionava nos amistosos e na Copa das Confederações. Quando nós ganhamos a Copa das Confederações, não foi só o Neymar, o craque, e o Fred, o artilheiro. Foi do grupo. Quando perde, eu não vou falar que a bola não chegou. Eu vou falar que eu tenho as minhas responsabilidades. Eu vou bater no peito, assumir. O que mais me deixa triste é que nós tentamos, lutamos, e tivemos a derrota para a Alemanha, pelo jeito que foi. A seleção alemã tem mutia qualidade, seis anos jogando junta, e desempenhou um lindo futebol a Copa inteira. Mas, do jeito que foi, não tem o que falar. É assumir as críticas, cada um assumir a sua responsabilidade e dividir com o grupo. Eu vou assumir a minha e todo mundo tem que assumir a sua. 

(Foto: Reuters)


Fonte: sportv.globo.com
Tags: Fred - coletivo - vaiado

Fonte: sportv.globo.com/  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade
Publicidade