Portal NOticias de Uruçui

Hibisco
Usava celular emprestado

PF acha o celular que Fernanda Lages usou horas antes de morrer

Publicada em 21 de Março de 2012 às 08h44


Fernanda Lages Fernanda Lages A Polícia Federal encontrou e apreendeu na noite desta terça-feira (20/03) um telefone celular que a estudante de Direito, Fernanda Lages, usou para fazer ligações horas antes de ser morta, na noite do dia 24 de agosto de 2011. O aparelho pertence ao universitário Bruno. Fernanda estudava na mesma sala dele e teria pedido o aparelho emprestado na sala de aula, na Faculdade Novaunesc, e fez uma ligação. Depois do telefonema, Fernanda saiu, sem assistir o resto da aula e na mesma noite foi morta.

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

A descoberta foi feita por investigadores da Polícia Federal que estiveram nesta noite de terça-feira (20) na Faculdade Novaunesc, situada na zona sudeste de Teresina. Era lá que Fernanda Lages cursava Direito.

Os federais conversaram com colegas de sala de Fernanda Lages e descobriram que na noite em que foi morta, a universitária falava bastante em seu telefone e pediu emprestado o celular do colega Bruno sem dizer para quem iria telefonar.
Naquela noite, Fernanda Lages, segundo os universitários colegas dela, só teria assistido as duas primeira aulas e depois da ligação no aparelho de Bruno, ela saiu.

O celular do rapaz foi levado para ser examinado na Superintendência da Polícia Federal.

Os federais perguntaram aos alunos da Novaunesc se naquela noite eles tinham conhecimento se Fernanda Lages tinha ingerido alguma substância que continha álcool. Peguntaram se algum dos alunos dali já haviam saído com Fernanda Lages e se haviam ?ficado? com ela.

Os bacharelando em Direito informaram aos policiais federais que Fernanda, naquele seu último dia de aula, fumou no jardim da faculdade, falava muito ao seu telefone. Disseram também que na noite anterior, um grupo de amigos da faculdade havia saído com Fernanda Lages para bares, mas que ninguém ?ficou? com ela.

A apreensão do telefone de Bruno pode ser a prova que estaria faltando para a Federal terminar de desfazer o quebra cabeça em torno do assassinato da universitária. Do aparelho ela pode ter falado com seu assassino, marcando o encontro.
Tags: celular - Fernanda Lages

Fonte: Ai5Piauí  |  Publicado por: Redação Uruçui
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade
Publicidade