Portal NOticias de Uruçui

Hibisco
Presença de muitas autoridades

'População terá que cumprir a Lei Nacional de Transito', disse o Promotor de Uruçuí

Publicada em 07 de Maio de 2013 às 17h38


Audiência Publica convocada pelo Promotor Audiência Publica convocada pelo Promotor Na manhã de hoje (7) dezenas de pessoas se aglomeraram no Fórum de Uruçuí para assistirem á Audiência Publica convocada pelo Ministério Publico, por intermédio do Promotor de Justiça Dr. Vando da Silva Marques, titular da 2º Promotoria de Justiça de Uruçuí.

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

Dr. Vando Marques iniciou a reunião formando a mesa que foi composta pelo Major Feitosa, pelo delegado Dr. Jarbas, a prefeita Renata Coelho, o vereador Jackson Coelho (representando a Câmara de Vereadores) e pelo Tenente Luciano Teles, Superintendente da STRANS. Além dessas autoridades estiveram também os vereadores João Caçula, Agacy Lopes, Tania Fianco, Toinha Nunes, Patrícia Moreira e Eliane Santana, as secretárias Alaiane Sá e Katywce Almeida. O presidente da Câmara Cilton Miranda não pôde participar porque estava viajando.

O promotor começou a reunião falando o porquê que ele convocou a Audiência, os motivos que o levou a provocar o assunto, que segundo ele, a cidade e a população de Uruçuí não pode mais viver na ilegalidade em relação ao cumprimento das normas e leis de transito.

Marques abriu as inscrições para os interessados em falar, o primeiro foi o vereador Edivaldo Lima, que defendeu o direito dos cidadãos, constado na lei de transito, em poder indicarem suas sugestões em relação ao transito. Edivaldo falou ainda que os pais de famílias, cidadãos e a população carente não podem ficar sem utilizarem seus veículos porque isso lhes causa um grande prejuízo, disse também que não é contra a lei, mas a população irá sofrer muito com as novas medidas. Já o vereador Jackson Coelho foi o segundo a falar, ele começou dizendo que primeiramente era preciso que os agentes de transito e policiais que fazem as blitz tenham mais respeito na abordagem, pois a população reclama que às vezes é tratada com truculência, Jackson sugeriu ainda que a prefeitura possa disponibilizar um transporte para Floriano para as pessoas carentes poderem fazer as provas do DETRAN pois os custos para retirar a C.N.H é muito grande e o povo pobre não tem essas condições, depois o vereador continuou com outras colocações.

A prefeita falou em seguida e logo no iniciou suas palavras foi interrompida por algumas pessoas que começaram a lhe vaiar, porem o Promotor exigiu silencio e respeito para com a prefeita, pois ali não se tratava de um ato político onde as pessoas insultavam ou não as pessoas de sua simpatia, refutou. Renata continuou suas palavras falando que não é sua a intenção de prender as motos das pessoas e que estão lhe atribuindo algo que não é sua culpa, Renata disse que é o Ministério Publico quem está lhe exigindo o cumprimento da lei e ela não pode fugir disso, o Ministério é que está cobrando dos condutores de veículos que andem habilitados e com seus veículos em dia. A prefeita disse também a cidade está totalmente destruída e esburacada, mas isso não é culpa de sua administração, já que a cidade foi entregue dessa maneira e que está com apenas quatro meses de gestão e tudo não pode ser feito da noite para o dia, declarou.

A prefeita disse que está trabalhando no intuito de mudar a cara da cidade e irá deixar seu nome como uma administradora que realizou o desenvolvimento em Uruçuí e que em breve a cidade estará asfaltada e sinalizada para um transito melhor, relatou.

O delegado e major falaram sobre os deveres das policias em fazer cumprir e fiscalizar a lei de transito. O Major Feitosa disse ainda que o cidadão que foi destratado ou algo relacionado a maus tratos poderá lhe procurar que ele tomará as medidas disciplinares necessárias para punir aquele policial.

Promotor de Uruçuí Dr. Vando Marques comandou a Audiência

O promotor disse também que as pessoas que andarem sem capacete, sem o cano de descarga (escapamento), sem retrovisor e utilizando carros com sons alto, serão apreendidos e autuados pela policia. Dr. Vando Marques falou ainda que irá participar pessoalmente de algumas blitz e em relação aos moto-taxi, não permitirá nenhum deles transitarem sem habilitação que não adianta a classe fazer pedidos, próis não terá acordo com pessoas que utilizam de prestação de serviços estarem transitando sem a C.N.H, pontificou.

Após muitos populares se manifestarem o Promotor disse que irá começar as fiscalizações por amostragem nas ruas da cidade e pediu que todos obedeçam as exigências relacionadas ao transito para evitar punições.

Marques autorizou a formação de uma comissão que atuará na relação de medidas paliativas para com as pessoas que estão em processo da primeira habilitação, negociação para a vinda da comissão do DETRAN e outros assuntos de interesse da população e por fim deixou claro que sua intenção é de apenas cumprir a lei de transito, mas de ajudar a população, finalizou.


População pôde falar e fazer suas colocações na Audiência



Fora do plenário do Fórum ficou lotado


FOTOS
: Francisco Carvalho
Tags: Transito - Promotor - cumprir

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Redação Uruçui
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante