Portal NOticias de Uruçui

Anuncie sup 970x90
Têm até dia 11 pra criar sites

Prefeitos que não cumprirem lei da transparência serão processados

Publicada em 11 de Abril de 2016 às 16h06


Do G1 PI

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

O Piauí tem o pior índice de transparência do Brasil quando se trata das administrações municipais. Em um escala em que a nota máxima é 10, o estado figura com a nota 0,85, segundo ranking do Ministério Público Federal (MPF), feito no passado. Para mudar essa realidade, as prefeituras piauienses têm até esta segunda-feira (11) para criar seus sites institucionais e da transparência.

De 11 de abril a 9 de maio o MPF fará um novo diagnóstico dos municípios e só então iniciará a fase punitiva, com ações públicas, reprovação de contas, inelegibilidade, suspensão de repasses e improbidade administrativa.
Com o péssimo resultado das administrações municipais do Piauí (67% delas tiraram nota '0') averiguado no último ranking, o MPF expediu recomendações àqueles entes federados que não estão cumprindo suas obrigações legais, dando um prazo de 120 dias para sua adequação às Leis de Transparência. Mas a partir desta segunda-feira, caso as irregularidades persistam, ações civis públicas serão ajuizadas conjuntamente de forma coordenada em todo o Brasil.

A Associação Piauiense de Municípios (APPM) oferece para os prefeitos o apoio técnico para o cumprimento integral da Lei de Acesso à Informação. Arinaldo Leal, presidente da APPM, que 125 municípios aderiram à iniciativa da APPM que bucas adequar-se à Lei.

?Primeiro criamos uma plataforma para que os municípios pudessem publicizar seus atos administrativos como manda a Lei. Agora estamos dando subsídios para que cada município tenha seu site institucional de maneira independente, com o acesso mais fácil ao cidadão?, revela Arinaldo Leal.

O procurador federal Carlos Wagner afirmou que é possível os municípios e estados fazerem bem mais no quesito transparência. ?É importante que o município disponibilize seu site próprio onde o cidadão tenha acesso as informações que necessite. Precisamos avançar mais para evitar punições e esse trabalho preventivo da APPM é fundamental, para que o gestor não tenha maiores problemas principalmente após encerrar seu mandato?, explica o promotor.

Sanções
Com o novo diagnóstico da transparência no Brasil, para os municípios que não tenham sequer portais na internet, mesmo após expirado o prazo da recomendação, o MPF vai adotar uma linha dura de sanções.

Com isso, o prefeito flagrado em tal irregularidade pode sofrer ação de improbidade administrativa, o MPF pode recomendar que a União suspenda os repasses de transferências voluntárias. Além disso, pode haver representações contra os prefeitos pelo crime de responsabilidade pelo não cumprimento de lei federal.

Tags: Prefeitos - transparência

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade