Portal NOticias de Uruçui

Hibisco
Notícia

Rosane teme ser morta por saber demais

Publicada em 02 de Novembro de 2009 às 11h46


A ex-primeira-dama brasileira Rosane Collor, que em 2005 terminou seu casamento com o ex-presidente e atual senador Fernando Collor de Mello, denunciou ter recebido amea?as por se considerar um "arquivo vivo", e, por essa raz?o, teme por sua vida, informou neste s?bado a imprensa do Rio de Janeiro.

"Se digo que n?o tenho medo estaria mentindo. Acho que Deus me ama e n?o vai permitir que nada de mal me aconte?a, mas que sou um arquivo vivo eu sou", disse Rosane em declara?es concedidas ao jornal "Extra".

Em 2006, Rosane Malta --nome que utiliza ap?s a separa??o-- relatou que quando seu ex-marido planejava voltar ? vida pol?tica --ap?s 14 anos afastado por um esc?ndalo de corrup??o que lhe custou a Presid?ncia-- ela recebeu uma amea?a contra sua vida.

"Eu ia para o lan?amento do disco evang?lico de Cec?lia de Arapiraca e uma pessoa me disse por telefone que se fosse ao evento, eu n?o voltaria", disse.

Na ?poca, Rosane confirmou a acusa??o da religiosa de Arapiraca, que assegurou que Collor participava de rituais sat?nicos.

A ex-primeira-dama ainda reivindica a metade do patrim?nio do ex-presidente na Justi?a. Atualmente, ela diz receber uma pens?o de R$ 13 mil, o equivalente a um ter?o do que recebia na ?poca da Presid?ncia.


Fonte: Folha Online


» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

Tags:

Fonte: Notícias de Uruçui  |  Publicado por: Gleydson Coelho
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade
Publicidade
Publicidade