Portal NOticias de Uruçui

Clinica ISO topo
Jeová disse que ele quer mídia

Sérgio Bandeira detalha motivos da Ação do PSL contra a eleição da Câmara

Publicada em 09 de Fevereiro de 2018 às 12h44


O presidente da executiva estadual do PSL no Piauí, suplente de deputado Sérgio Bandeira, deu mais detalhes sobre o assunto em que a sigla questiona a eleição da Câmara de Teresina, que no final de 2017 reelegeu o atual presidente Jeová Alencar (PSDB).

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

Segundo ele, as questões são as seguintes:
- O Regimento Interno da Câmara foi descumprido, em relação à publicidade, esse pedido de antecipação da eleição deveria ter sido divulgado 48hs úteis antes da eleição e não foi.

- A regra da participação feminina não foi respeitada. Nessa Mesa Diretora que foi eleita para 2019/2020 não tem 30% de mulheres, deveria ter pelo menos duas.

- A regra da proporcionalidade dos partidos também não foi cumprida. Isso é estabelecido na Lei Orgânica do Município de Teresina, que se aplica à Câmara. O Partido deve ter representação na Mesa Diretora, conforme a bancada. O PSL deveria ter pelo menos um membro na Mesa Diretora, como tem atualmente, mas nessa eleição não houve.


"É inadimissível que um parlamento, que propõe leis, desrespeite as próprias regras. Por isso, pedimos a anulação dessa eleição", relatou.

Tags: Sérgio Bandeira - PSL

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade
Publicidade