Portal NOticias de Uruçui

Hibisco
Discussão mais exacerbada

VÍDEO. Vereadores de Teresina discutem em Sessão plenária e quase saem no tapa

Publicada em 14 de Maio de 2014 às 23h22


Antonio José Lira e Dr. Pessoa Antonio José Lira e Dr. Pessoa O tempo fechou na Câmara Municipal de Teresina. Os vereadores Dr. Pessoa (PSD) e Antonio José Lira (DEM) discutiram feio, com direito a xingamentos, e quase foram as vias de fato na sessão da manhã desta quarta-feira (14/05), que foi suspensa por alguns minutos. Teve palavrões do tipo "canalha" e "moleque" e até um "vem pra porrada. Vem aqui, vem".

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

A discussão começou ainda na sessão da terça-feira (13/05), quando o vereador Antônio José Lira criticou a presença de médicos que recebem sem trabalhar nos Postos de Saúde de Teresina. O vereador Dr. Pessoa, que é médico, não gostou e respondeu às acusações de Lira. Ele acusou o democrata de estar desvalorizando a categoria.

Em seguida, Dr. Pessoa concedeu entrevista no programa Agora da TV Meio Norte apresentado pelo jornalista Silas Freire, onde afirmou que 'existe mais político corrupto do que médico'. Essa declaração foi a 'gota de água'. Isso porque, anteriormente Dr. Pessoa já tinha sido criticado pelos colegas depois de declarar na TV que tem muito político preguiçoso. Ele foi 'bombardeado' pelos vereadores e até chorou na sessão.

Indignado, Antônio José Lira subiu a tribuna da Casa, nesta quarta-feira (14/05), para fazer um discurso contra Dr. Pessoa e afirmou que existem médicos corruptos e que não teria medo de declarar. Ao terminar o discurso, o vereador do DEM deu 10 segundos para Dr. Pessoa falar durante aparte, mas o médico ficou em silêncio.

Após o final do discurso de Lira, Dr. Pessoa resolveu falar e explicou porque não falou durante o aparte. "Eu não vou apartiar um bandido, um moleque desse", disse. Nesse momento, Antônio José Lira partiu para o 'ataque' foi contido pelos outros vereadores. O presidente da Câmara, Rodrigo Martins (PSB), teve que encerrar a sessão.

A Corregedoria da Casa, que é presidida pelo vereador Pastor Levino, deverá estudar o caso para decidir se abre algum processo disciplinar contra os dois vereadores. O Conselho de Ética, presidido pelo vereador Dudu, também deverá se manifestar sobre a confusão.

Veja o vídeo abaixo:

Tags: Globo - agente de satanás - Vereadores - brigam

Fonte: 180graus  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante