Portal NOticias de Uruçui

Ailton muito querido por todos

VÍDEOS. Jovem de Sebastião Leal-PI pode ter sido acusado injustamente em de abuso

Publicada em 08 de Junho de 2017 às 18h15


Um caso envolvendo um jovem de 23 anos e com deficiência mental abalou a cidade de Sebastião Leal, sul do Piauí. Ailton Alves de Sousa foi acusado por Francimária Ribeiro de ter abusado sexualmente contra sua filha menor, de apenas 2 anos de idade.

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

O caso ocorreu há cerda de dois meses atrás e de lá para cá se tronou o principal assunto entre a população.

Ailton Alves tem um problema mentais e é considerado incapaz de praticar tal ato, garante seu pai. Amado por todos da cidade e que poderia ter sido vítima de uma injustiça, ele mora na mesma casa que Francimária, a mulher que o acusa de abuso.

A população repudiou Francimária por ter acusado ele, a denúncia foi feita na delegacia da cidade e depois levada ao delegado regional Bruno Ursulino.

Ela foi procurada para falar sobre o caso, mas segundo informações do povo, Francimária, com medo de uma reação popular, havia indo embora para Uruçuí. Após ser encontrada a mãe disse que ao entrar dentro do quarto Ailton estava sem roupa e em cima de sua filha. Por outro lado, ele nega veemente e garante que estava trocando de roupa quando a criança entrou no quarto sem a peça intima, devido ter feito xixi, aí subiu na cama e ficou deitada, depois disse ele (Ailton) pediu que a criança saísse do quarto, foi quando a mãe dela entrou e o acusou de abuso.

Hoje ele está em casa, mas devido a acusação foi levado para a Delegacia Regional de Uruçuí, onde ficou 50 dias preso, o que revoltou mais ainda a cidade.

Segundo a população ele seria incapaz de praticar tal ato. Desde os 12 anos Ailton convive com uma deficiência mental e toma vários remédios controlados diariamente, o que inibe o desejo sexual.

Ele é acompanhado há vários anos por uma equipe do Cras e nunca foi registrado nenhuma infração de sua parte. Um abaixo assinado com mais de 600 assinaturas foi feito pedindo a justiça a liberdade dele.

O delegado regional que acompanha o caso disse que Ailton sustentou a mesma versão o tempo todo, que o lado psiquiátrico confirmou sua incapacidade e que não foi comprovado nada. Após as comprovações Ailton não foi indiciado.

Após a prisão, a chegada de Ailton foi emocionante. A população da cidade o recebeu com festa, fogos e muito carinho.

VEJA OS VÍDEOS

Reportagem para a TV Antena 10/RecorTV - RESUMIDA


Reportagem para a TV Antena 10/RecorTV - COMPLETA


Por Jackson Coelho
Tags: Sebastião Leal - injustamente

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade