Portal NOticias de Uruçui

Hibisco
O atendeu a um pedido do MP

Wellington Dias é inocentado da acusação de compra de votos

Publicada em 30 de Novembro de 2017 às 09h41


O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) inocentou, nesta terça-feira (28), o governador do Piauí, Wellington Dias, e a vice-governadora, Margarete Coelho (PP), de compra de votos nas eleições de 2014. A decisão pelo placar de seis votos a zero, o atendeu a um pedido do próprio Ministério Público Eleitoral (MPE), que voltou atrás na acusação que havia feito, por falta de provas.

» Siga-nos no Twitter
» Participe da comunidade no Orkut

Após investigação feita pelo próprio MPE e pela Polícia Federal, ficou provado que os R$ 180 mil encontrados na posse de José Martinho Ferreira de Araújo, primo e ex-assessor do Wellington, não tinham qualquer relação com a campanha de 2014. A investigação concluiu que o dinheiro seria utilizado para comprar de terras da família de Martinho, no interior do Piauí.

No dia 11 de setembro de 2014, Martinho foi abordado por uma blitz da Polícia Rodoviária Federal, na cidade de Barreiras (BA), transportando a quantia, enquanto viajava de carro de Brasília, onde trabalhava, para o Piauí.

Logo após o episódio, o Ministério Público Eleitoral decidiu abrir investigação, pois suspeitava que o dinheiro seria utilizado para a compra de votos.

No entanto, após as investigações, o então procurador eleitoral Israel Gonçalves decidiu requerer a improcedência da ação.
Além da decisão do TRE, a Procuradoria Geral da República pediu o arquivamento da ação para investigar o governador, por não haver qualquer indício de sua participação do episódio envolvendo o primo.


Com informações do G1-PI

Tags: Wellington Dias - compra de votos

Fonte: Da redação  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade Cerrados Restaurante
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade